Cuidado com os acidentes em estradas no período de férias

Os traumas provocados por acidentes de trânsito são responsáveis pela ocupação de 90% dos leitos hospitalares de urgência atualmente no país (enfermarias e UTIs). Esse tipo de acidente tem levado a fraturas cada vez mais complexas, que atingem principalmente a região dos ossos longos dos membros inferiores (fêmur e a tíbia), a região torácica e da coluna toracolombar, provocando muitos casos de afastamentos por invalidez definitiva. Com a chegada das férias, muitas pessoas viajam de carro e por isso fazemos o alerta: cuidado com os acidentes em estradas neste período!

O principal cuidado tem que ser em relação ao uso do cinto de segurança, principalmente no banco traseiro. Um objeto de 20 quilos que é arremessado do banco traseiro para o banco da frente, dependendo da velocidade, pode chegar com 300 quilos de carga. Uma pessoa de 70 quilos é como uma tonelada no banco da frente, só pelo deslocamento da massa que tem e, embora o carro freie, a pessoa sem cinto não é freada.

Para crianças, o uso do cinto é ainda mais importante. É recomendado que a pessoa afivele o cinto de segurança assim que entrar no carro, fazendo desse movimento um hábito. Na eventualidade de um acidente, significará menos trauma para todo mundo.

Outra prática negativa observada e, inclusive, proibida pelo Código Nacional de Trânsito, é o uso de celular ao volante. Isso tira a atenção do condutor. E, se acontece com uma pessoa alcoolizada, de noite, chovendo, tira a atenção e a responsabilidade em relação ao que ocorre no trânsito.

Portanto, esteja atento e evite estragar suas férias ou até acabar com ela devido a um grave acidente. Se cuide!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×