Dicas para não sofrer lesões na musculação

Quem frequenta a academia sabe que não há nada mais frustrante do que sofrer uma lesão relacionada aos treinos e comprometer os seus resultados. Se você vai à academia com frequência e quer prevenir lesões, precisa ficar atento!

Importante: procure sempre a orientação profissional de um educador físico. O treinamento físico é baseado em ciência.

A tentação por seguir as dicas de personalidades das redes sociais pode ser grande. Afinal, eles têm um baita corpo – e devem entender de musculação, certo? Nem sempre… Para os treinos de fortalecimento na academia, que exigem cuidados especiais, o melhor mesmo é respeitar o treino elaborado por um professor de educação física. Sempre converse bastante sobre os seus objetivos na academia, para que o treinamento seja elaborado de forma específica. Estabeleça objetivos seguros e exequíveis.

Vamos as dicas:

  1. Faça “aquecimento”

Começar o treino na academia com uma atividade de baixa intensidade é o ideal para que seu corpo se prepare para o exercício. Com exercícios aeróbicos leves e mobilização articular geral, seu organismo vai fazer os ajustes metabólicos e músculo-esqueléticos necessários para receber a carga de esforço. Fazer algumas repetições com pesos mais leves  ou somente com a carga do próprio corpo e aproximadamente 15 minutos de esteira ou bicicleta ajudam nesse preparo inicial.

  1. Não exagere nos pesos

Não tente pegar mais peso do que você aguenta. A musculação deve ser feita, sempre, com uma carga compatível com o seu condicionamento atual e com execuções corretas. Não seguir esses princípios podem interferir não sua capacidade de adaptação e, assim, te tornar mais propenso a uma lesão.

  1. Se alongue

Quanto mais flexíveis forem suas articulações e mais alongados os seus músculos, melhor a sua mobilidade. Para isso, programe treinos de alongamentos, que podem ser feitos em dias diferentes dos treinos de força, na academia. Note que o alongamento rápido no início dos treinos serve somente como preparação inicial aos exercícios e que os benefícios na prevenção de lesões são adquiridos em treinos mais longos.

  1. Deixe os músculos descansarem

É necessário que se dê um intervalo ótimo para que os músculos, articulações e tendões se recuperem do estresse dos treinos. Quando sobrecarregados de forma contínua e sem tempo para adaptação, eles têm maior chance de entrar em falência e sofrerem alguma lesão. Períodos entre 24 e 48 horas são os ideais para restauração. Por outro lado, intervalos acima de 72 horas podem tornar o treino ineficiente. Por esse motivo, a frequência semanal mínima deve ser de 3 sessões de exercícios.  Caso queira se exercitar todos os dias, procure alternar grupos musculares e tipos de treinos.

  1. Atenção aos músculos estabilizadores

Dar atenção para o fortalecimento dos músculos  estabilizadores do tronco e pelve (core), assim como treinos posturais. Exemplo de exercícios com essa finalidade são as pranchas e abdominais. Quando bem trabalhados, eles tornam o corpo mais equilibrado e menos propenso a lesões.

  1. Hidrate-se

Os músculos são compostos por 80% de água. Portanto, uma hidratação mal feita pode causar fragilidade e desequilíbrio muscular. Ao partir para academia, tenha sempre à mão uma garrafa de água ou isotônicos e vá tomando pequenas quantidades ao longo do treino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×