6 de abril – Dia Mundial da Atividade Física

Dia 6 de abril é Dia Mundial da Atividade Física. Você sabia que a atividade física de impacto pode auxiliar na prevenção e no tratamento da Osteoporose? Isso porque a carga sobre os ossos serve de estímulo à sua formação. A caminhada por 30 a 60 minutos por dia é um excelente exercício físico.

Confira um pouco mais sobre a Osteoporose:

O que é?

Muito se fala sobre osteoporose, mas você sabe o que significa? Sendo uma das principais doenças osteometabólicas (doenças ósseas), a osteoporose está fortemente relacionada com o progredir da idade. A doença causa o enfraquecimento da estrutura óssea, levando à degeneração e a perda gradual da densidade do osso. Estima-se que ela atinja quatro vezes mais as mulheres do que os homens. Isso porque na menopausa, há uma drástica diminuição dos níveis de estrogênio, hormônio responsável por retardar a reabsorção óssea e fixar o cálcio no osso. Dessa maneira, o sistema esquelético fica mais vulnerável. Além disso, as mulheres possuem ossos mais finos e fracos do que os homens. As mulheres na pré menopausa, na menopausa e os homens na andropausa devem procurar um ortopedista para uma avaliação e o tratamento adequado.

Causas

A doença está intimamente ligada à perda de massa óssea (diminuição do cálcio / vitamina D) no organismo.

Sintomas

Com poucos sintomas, os pacientes costumam descobrir a doença após a ocorrência de alguma fratura, por vezes espontânea, em um momento em que ela já se encontra em estágios avançados. Por isso a importância do exame de imagem chamado densitometria, exames de sangue e urina ao se suspeitar de Osteoporose.  A doença normalmente atinge a coluna, bacia, fêmur, radio distal e úmero proximal mas, pode estar presente em todos os ossos.

Tratamento

Ainda não existe uma cura definitiva para a osteoporose, mas os tratamentos existentes são eficientes no retardamento de sua progressão e no controle das dores. Dentre os medicamentos indicados, o cálcio, a vitamina D e outras substâncias específicas, aliado a uma dieta saudável, exercício físicos com orientação e banhos de sol ajudam a prevenir a perda óssea e fortalecer os ossos já fracos. Uma dica é tomar cerca de 15 minutos de sol diariamente antes das 10h ou após às 16h, já que a radiação solar ativa a Vitamina D presente na pele, vitamina essa importantíssima na absorção de cálcio pelo organismo. Reforçamos que tanto o Cálcio, quanto a Vitamina D não devem ser ingeridos sem indicação médica.

 

Confiram algumas dúvidas frequentes sobre a doença.

 A Osteoporose é uma doença hereditária?

Sim. A Osteoporose é uma doença hereditária, por isso é fundamental que quando um membro da família tiver histórico da doença, é possível que os demais familiares também a tenham.

Porque a atividade física auxilia no tratamento da Osteoporose?

A atividade física, com supervisão, auxilia no tratamento uma vez que ela provoca a contração muscular que gera ação mecânica no osso favorecendo a sua formação. A caminhada por 30 a 60 minutos por dia é um excelente exercício físico. Nunca pratique exercícios físicos sem orientação, pois eles podem ocasionar lesões e fraturas.

Todas as mulheres terão osteoporose?

Não. Nem todas as mulheres desenvolverão a Osteoporose. De acordo com dados do IOF (Fundação Internacional de Osteoporose), a doença afeta uma em cada três mulheres com mais de 50 anos em todo o mundo. A reposição hormonal, aliada a não heredietariedade da doença e a prática de atividade física auxiliam as mulheres a não desenvolverem a doença.

O que é Capital Ósseo?

O capital ósseo (“poupança”) é uma medida profilática para produzir uma reserva de massa óssea no organismo. A reserva deve ser iniciada na infância e atinge o pico por volta dos 35 anos e é feita por meio de uma boa alimentação, rica em cálcio e vitaminas e atividade física.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *